sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Ondas Curtas

       O Ondas curtas é um recurso de diatermia utilizado pelos fisioterapeutas que converte a energia eletromagnética de alta frequência em energia térmica nos tecidos. A radiação eletromagnética emitida por este recurso é do tipo não ionizante que envia calor para os tecidos mais profundos, e tem como efeitos terapêuticos: ação anti-inflamatória, analgésica, cicatricial, e antiespasmódica e hiperemiante.

           Apesar de o ondas curtas ser um aparelho de uso terapêutico, existe preocupação quanto a energia eletromagnética que é por ele emitida. Alguns terapeutas não tem consciência sobre os efeitos nocivos deste recurso em sua própria saúde e da necessidade de medidas de proteção, como por exemplo, a Gaiola de Faraday, para resguardar o operador e as demais pessoas das radiações emitidas pelo recurso terapêutico.
            Sua utilização sem os devidos meios de proteção deixa o paciente e o terapeuta susceptíveis a riscos como: má formação fetal devido à exposição do útero gravídico; possíveis alterações do funcionamento marca-passo cardíaco,; neoplasias, podendo desenvolver metástase; sangramento ativo (menstruação), podendo aumentar o fluxo sanguíneo e gerar hemorragia; proximidade com outros aparelhos eletrônicos interferindo em seu funcionamento seja aumentando ou diminuindo a intensidade dos mesmos.

Aplicação - Colocam - se duas camadas de toalhas entre o capacitor e a pele ou, em equipamentos, indutivos mantem-se a distância segurança de 3 cm do corpo do paciente. Quando o paciente estiver o mais confortável possível, deve se conectá-lo ao circuito oscilatório da unidade. A dosagem é subjetiva variando de calor leve, moderado e intenso.

Uso de capacitores
Bobinas de
indução
          
 As contra indicações para o uso do ondas curtas são divididas em absolutas e relativas.

Contra Indicações Absolutas:

  • Tumores
  • Dispositivo eletrônico implantado
  •  Marca-passos e aparelhos auditivo
  •  Problemas de sensibilidade ao calor
  •  Gravidez
  • Tuberculose
  •  Febre
  •  Artrite reumatóide


Contra Indicações Relativas:

  •   Metais implantados
  •  Problemas graves circulatórios arteriais e venosos (ex: Trombose)
  •  Doenças infecciosas agudas / Inflamações agudas

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu cometário aqui.