terça-feira, 13 de maio de 2014

Eletroterapia: Por quantas sessões devo usar??

               Para poder determinar o número de sessões e métodos de tratamento, é necessário executar uma criteriosa avaliação fisioterápica, para então traçar os objetivos a serem alcançados mediante as condições clinicas do paciente. 
           Esta avaliação tem como objetivo identificar os problemas do paciente e deve ser realizada constantemente para identificar alterações nos objetivos estabelecidos. Sendo essa dividida em 2 etapas:

1.      Dados de identificação
a.      História da Doença atual
b.      História da Doença pregressa
c.       História social
d.      História familiar
e.      Queixa principal
2.      Exame físico (varia de acordo com cada caso).

      Após analisar os resultados obtidos na avaliação é preciso determinar o objetivo do tratamento para então estabelecer as prioridades de cada caso, para desta forma determinar o número de sessões adequadas.
      Com isso o Fisioterapeuta não pode determinar um número de sessões fixo, pois o número de sessões varia conforme a resposta do paciente.

10 comentários:

  1. Muito bom, assim confirma o quanto é importante saber Avaliar e entender bem o paciente para assim ajudarmos.

    ResponderExcluir
  2. Esse tema é interessante para sabermos com maior clareza como deve ser determinado um número de sessões adequadas para cada tratamento

    ResponderExcluir
  3. Tema muito importante e relevante para compreendermos como que se determina o uso da eletroterapia. Clécia Emerique

    ResponderExcluir
  4. O texto proporcionou o conhecimento de como a avaliação fisioterápica é importante para determinar um objetivo de tratamento e como a vida diária e a história do paciente, reflete sobre o mesmo. Portanto, cada indivíduo é diferente,com um histórico distinto, por isso a importância de olhar o paciente como um "todo " para obter uma avaliação de qualidade e um tratamento eficaz. Nathália Brito Lima 4º/ fisioterapia

    ResponderExcluir
  5. Super importante saber determinar a quantidade de sessões de eletroterapia para a conduta de tratamento com o paciente. Larissa Oliveira - 4° período - PUC

    ResponderExcluir
  6. Lavínia MArques24 de maio de 2014 10:32

    A postagem nos mostra que é de total importância realizar uma boa avaliação fisioterápica para obter sucesso no tratamento! Parabéns!

    ResponderExcluir
  7. Esse post nos mostra o quanto é importante a realização da Avaliação, pois cada caso é um caso, e com a avaliação correta podemos proporcionar um tratamento adequado para nosso paciente.
    Ingrat Padilha 4ª Período

    ResponderExcluir
  8. Nossa muito interessante.. não sabia disso!! Faço estágio e pacientes já me perguntaram quantas sessões ao certo eles deveriam fazer, e não sabia responder ao certo,agora tiraram uma dúvida minha. Muito obrigada meninos(as). Danielle Aparecida - 4º - Fisioterapia Puc Minas

    ResponderExcluir
  9. As informações contidas no texto são muito importantes pois mostram o quao é importante conhecer o histórico do paciente, se já teve doenças ou patologias antes da avaliação, para que o fisioterapeuta possa fazer uma analise completa e minuciosa para que o tratamento seja eficiente e com sucesso. Estela Trindade - 4 período/ fisioterapia

    ResponderExcluir
  10. A postagem evidencia a necessidade do fisioterapeuta saber executar uma boa avaliação para traçar corretamente seus objetivos, com isso, concluímos como os primeiros passos da avaliação fazem toda a diferença na conduta traçada pelo fisioterapeuta.
    Marina Tecia Mercedes 4º Período PUC Minas

    ResponderExcluir

Deixe seu cometário aqui.